sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Vagas medicina/ SISU- Oficial

Universidades / Vagas de Medicina
Vagas para Ampla Concorrência / Total: 1.141

UFAM: 56
UFC Cariri: 70
UFC Sobral: 70
UFC Fortaleza: 160
UFMA: 24
UFV: 10
UFOP: 28
UFSJ: 1
UFMS: 60
UFMT: 80
UFPB: 8
UNIVASF: 40
UFPI: 32
UFPR: 12
UNIRIO: 77
UFRJ Fundão: 77
UFRJ Macaé: 24
UFF: 16
UFRR: 6
UFCSPA: 88
UFPEL: 98
FURG: 70
UFSCAR: 24
UFT: 10


Vagas para Políticas Afirmativas / Total: 163

UFMA: 26
UFOP: 12
UFSJ: 2
UFPB: 3
UNIVASF: 40
UFPI: 8
UFPR: 6
UFRJ Fundão: 38
UFRJ Macaé: 12
UFSCAR: 16


Vagas para Medicina TOTAL: 1.304


 fonte:
http://sisu.mec.gov.br/vagas.html

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Nicolelis: Só no Brasil a educação é discutida por comentarista esportivo

por Conceição Lemes
Desde o último final de semana, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e o Ministério da Educação (MEC) estão sob bombardeio midiático.
Estavam inscritos 4,6 milhões estudantes, e 3,4 milhões  submeteram-se às provas.  O exame foi aplicado em 1.698 cidades, 11.646 locais e 128.200 salas.  Foram impressos 5 milhões de provas para o sábado e outros 5 milhões para o domingo. Ou seja, o total de inscritos mais de 10% de reserva técnica.
No teste do sábado, ocorreram  dois erros  distintos. Um foi assumido pela gráfica encarregada da impressão. Na montagem, algumas provas do caderno de cor amarela tiveram questões repetidas, ou numeradas incorretamente ou que faltaram. Cálculos preliminares do MEC indicavam que essa falha tivesse afetado cerca de 2 mil alunos. Mas o balanço diário tem demonstrado, até agora, que são bem menos: aproximadamente 200.
O outro erro, de responsabilidade do Inep, foi no cabeçalho do cartão-resposta. Por falta de revisão adequada, inverteram-se os títulos. O de Ciências da Natureza apareceu no lugar de Ciências Humanas e vice-versa. Os fiscais de sala foram orientados a pedir aos alunos que preenchessem o cartão, de acordo com a numeração de cada questão, independentemente do cabeçalho. Inep é o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais, órgão do MEC encarregado de realizar o Enem.
“Nenhum aluno será prejudicado. Aqueles que tiveram problemas poderão fazer a prova em outra data”, tem garantido desde o início o ministro da Educação, Fernando Haddad. “Isso é possível porque o Enem aplica  a teoria da resposta ao item (TRI), que permite que exames feitos em ocasiões diferentes tenham o mesmo grau de dificuldade.”
Interesses poderosos, porém, amplificaram ENORMEMENTE os erros para destruir a credibilidade do Enem. Afinal, a nota no exame é um dos componentes utilizados em várias universidades públicas do país para aprovação de candidatos, além de servir de avaliação parabolsa do PRO-UNI.
“Só os donos de cursinhos e aqueles que não querem a democratização do acesso à universidade podem ter algo contra o Enem”, afirma, indignado, ao Viomundo o neurocientista Miguel Nicolelis, professor da Universidade de Duke, nos EUA, e fundador do Instituto Internacional de Neurociências de Natal, no Rio Grande do Norte. “Eu vi a entrevista do ministro Fernando Haddad ao Bom Dia Brasil, TV Globo. Que loucura!  Como  jornalistas  que num dia falam de incêndio, no outro, de escola de samba, no outro, ainda, de esporte, podem se arvorar em discutir um assunto tão delicado como sistema educacional? Pior é que ainda se acham entendedores. Só no Brasil educação é discutida por comentarista esportivo!”
Nicolelis é um dos maiores neurocientistas do mundo. Vive há 20 anos nos Estados Unidos, onde há décadas existe o SAT (standart admissions test), que é muito parecido com o Enem. Tem três filhos. Os três já passaram pelo Enem americano.

Viomundo — De um total de 3,4 milhões de provas aplicadas no sábado, houve problema incontornável em menos de 2 mil. Tem sentido detonar o Enem, como a mídia brasileira tem feito? E dizer que o Enem fracassou, como um ex-ministro da Educação anda alardeando?

Miguel Nicolelis — Sinceramente, de jeito algum — nem um nem outro. O Enem é equivalente ao  SAT, dos Estados Unidos. A metodologia usada nas provas é a mesma: a teoria de resposta ao item, ou TRI, que é uma tecnologia de fazer exames.  O SAT foi criado  em 1901. Curiosamente, em outubro de 2005, entre as milhões de provas impressas, algumas tinham problema na barra de códigos onde o teste vai  ser lido.  A entidade que  faz o exame não conseguiu controlar, porque esses erros podem acontecer.

Viomundo — A Universidade de Duke utiliza o SAT?
Miguel Nicolelis — Não só a Duke, mas todas as grandes universidades americanas reconhecem o SAT. É quase um consenso nos Estados Unidos. Apenas uma minoria é contra. E o Enem, insisto, é uma adaptação do SAT, que é uma das melhores maneiras de avaliação de conhecimento do mundo. O teste é a melhor  forma de avaliar uniformemente alunos submetidos a diferentes metodologias de ensino. É a saída para homogeneizar a  avaliação de estudantes provenientes de um sistema federativo de educação, como o americano e o brasileiro,  onde os graus de informação, os métodos, as formas como se dão, são diferentes.

Viomundo — Qual a periodicidade do SAT?

Miguel Nicolelis –  Aqui, o exame é aplicado sete vezes por ano. O aluno, se quiser, pode fazer três, quatro, cinco, até sete, desde que, claro, pague as provas. No final, apenas a melhor é computada. Vários estudos feitos aqui já demonstraram que o SAT é altamente correlacionado à capacidade mental geral da pessoa.
Todo ano as provas têm uma parte experimental. São questões que não contam nota para a prova. Servem apenas para testar o grau de dificuldade. Assim, a própria criançada vai ranqueando as perguntas, permitindo a ampliação do banco de questões. Outra peculiaridade do sistema americano é a forma de corrigir a prova. É desencorajado o chute.

Viomundo — Explique melhor.
Miguel Nicolelis — Resposta errada perde ponto, resposta em branco, não. Por isso, o aluno pensa muito antes de chutar, pois a probabilidade de ele errar é grande. Então se ele não sabe é preferível não responder do que correr o risco de responder errado.

Viomundo –  Interessante …
Miguel Nicolelis – Na verdade,  o SAT é  maneira  mais honesta, mais democrática de avaliar pessoas de  lugares diferentes, com sistemas educacionais diferentes,  para tentar padronizar o ingresso. Aqui, nos EUA, a molecada faz o exame e manda para as faculdades que quer frequentar. E as escolas decidem quem entra, quem não entra. O SAT é um dos componentes para essa avaliação.

Viomundo — Aí tem cursinho para entrar na faculdade?
Miguel Nicolelis — Tem para as pessoas aprenderem a fazer o exame, mas não é aquela loucura da minha época. Era cheio de cursinho para todo lugar no Brasil. Cursinho  é uma máquina de fazer dinheiro.  Não serve para nada a não ser para fazer o exame. Por isso ouso dizer: só os donos de cursinho e aqueles que não querem democratizar o acesso à universidade podem ter algo contra o Enem.

Viomundo –Mas o fato de a prova ter erros é ruim.
Miguel Nicolelis — Concordo. Mas os erros vão acontecer.  Em 1978, quando fiz a Fuvest (vestibular unificado no Estado de São Paulo), teve pergunta eliminada, pois não tinha resposta.  Isso acontece desde o tempo em que havia exame para admissão [ao primeiro ginasial, atualmente 5ª série do ensino fundamental)  na época das cavernas (risos). Você não tem exame 100% correto o tempo inteiro.
Então, algumas pessoas estão confundindo uma metodologia  bem estudada, bastante conhecida e aceita há décadas,   com problemas operacionais que acontecem em qualquer processo de impressão de milhões de documentos. Na dimensão em que aconteceram no Brasil está dentro das probabilidade de fatalidades.

Viomundo -- Em 2009, também houve problema, lembra-se?
Miguel Nicolelis -- No ano passado foi um furto, foi um crime. O MEC não pode ser condenado por causa de um assalto, que é uma contigência e nada tem a ver com a metodologia do teste.
Só que, infelizmente, gerou problemas operacionais para algumas universidades, que não consideraram a nota do Enem nos seus vestibulares. Isso não quer dizer que elas não entendam ou nãoaceitam o teste. As provas do Enem são muito mais democráticas, mais  racionais e mais bem-feitas do que os vestibulares de qualquer universidade brasileira.
Eu fiz a Fuvest. Naquela época, era muito ruim. Não media nada. E, ainda assim, a gente teve de se sujeitar àquilo, para entrar na faculdade a qualquer custo.

Viomundo -- Fez cursinho?
Miguel Nicolelis -- Não. Eu tive o privilégio de estudar numa escola privada boa. Mas muitas pessoas que não tinham educação de alto nível eram obrigadas a recorrer ao cursinho para competir em condições de igualdade.
Mas o cursinho não melhora o aprendizado de ninguém. Cursinho é uma técnica de aprender a maximizar a feitura do exame. É quase um efeito colateral do sistema educacional absurdo que  até recentemente tínhamos no Brasil. É um arremedo. É um aborto do sistema educacional que não funciona.

Viomundo -- Qual a sua avaliação do Enem?
Miguel Nicolelis -- É um avanço tremendo, porque a longo prazo a repetição do Enem várias vezes por ano vai acabar com o estresse do vestibular. Você retira o estresse do vestibular. Na minha época, e isso acontece muito ainda hoje, o jovem passava os três anos esperando aquele "monstro". De tal sorte, o vestibular transformava o colegial numa câmara de tortura. Uma pressão insuportável. Um  inferno tanto para os meninos e meninas quanto para as famílias. Além disso,  um sistema humilhante, porque as pessoas que não podiam frequentar um colégio privado de alto nível sofriam com o complexo de não poder competir em pé de igualdade. Por isso os cursinhos floresceram e fizeram a riqueza de tanta gente, que agora está metendo o pau no Enem. Evidentemente  vários interesses estão sendo contrariados devido ao êxito do Enem.

Viomundo -- Tem muita gente pichando, mesmo.
Miguel Nicolelis -- Todo esse pessoal que picha acha que sabe do que está falando.  Só que não sabe de nada. Exame educacional não é  jogo de futebol. Tem metodologia, dados, história. E olha que eu adoro futebol. Sempre que estou no Brasil, vou ao estádio para assistir ao jogos do Palmeiras [Ninguém é perfeito (rs)!] O Brasil fez muito bem em entrar no Enem. É o único jeito de  acabar com esse escárnio, com essa ferida que é o vestibular .

Viomundo — Nos EUA, não há vestibular para a universidade. O senhor acha que o Brasil seguirá essa tendência?
Miguel Nicolelis --  Acho que sim. O importante é o seguinte. O Brasil está tentando iniciar esse processo. Quando você inicia um processo dessa magnitude, com milhões fazendo exame,  é normal ter problemas operacionais de percurso, problemas operacionais. Isso faz parte do processo.
Nos Estados Unidos, as provas já são começam a ser feitas via internet. Como o Brasil em pouco tempo está avançando rapidamente, acredito que logo teremos várias provas por ano, como aqui [nos EUA, há sete, lembram-se?], e tudo por computador. O aluno se inscreve e, num dia e hora pré-determinados, vai com a sua senha a um terminal estabelecido — terá de se estabelecer uma rede –  acessa e faz a prova. Será um exame só para ele. Você elimina o risco de vazamento e economiza com a impressão de provas, que custa um dinheirão.
Nós estamos caminhando para o Enem ser a moeda de troca da inclusão educacional. As crianças vão aprender que não é porque elas fazem cursinho famoso da Avenida Paulista que elas vão ter mais chance de entrar na universidade. Elas vão entrar na universidade pelo que elas acumularam de conhecimento ao longo da vida acadêmica delas. Elas vão poder demonstrar esse conhecimento sem estresse, sem medo, sem complexo de inferioridade. De uma maneira democrática.E, num futuro próximo, tanto as crianças de escolas privadas quanto as  de escolas públicas vão começar a entrar nesse jogo  em pé de igualdade. Aí,  sim vai virar jogo de futebol.
Futebol é uma das poucas coisas no Brasil em que o mérito é implacável. Joga quem sabe jogar. Perna de pau não joga. Não tem espaço. O talento se impõe instantantaneamente.
Educação tem de ser a mesma coisa. O talento e a capacidade têm de aflorar naturalmente e todas as pessoas têm de ter a chance de sentar na prova com as mesmas possibilidades.

fonte: http://www.viomundo.com.br/entrevistas/nicolelis-so-no-brasil-educacao-e-discutida-por-comentarista-esportivo.html

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

MEC divulga gabaritos das provas do Enem

MEC divulga gabaritos das provas do Enem


G1


O Ministério da Educação divulgou no final da tarde desta sexta-feira os gabaritos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), realizado no último fim de semana. A liberação ocorre depois que o Tribunal Regional Federal da 5ª Região derrubou a liminar que suspendeu o exame e a divulgação do resultado das provas.

Prova rosa de sábado
Prova branca de sábado
Prova azul de sábado
Prova amarela de sábado
Prova rosa de domingo
Prova cinza de domingo
Prova azul de domingo
Prova amarela de domingo
No site do MEC, os gabaritos só devem estar disponíveis depois das 21h. Cerca de 3,3 milhões de estudantes participaram do Enem 2010, que ocorreu no último fim de semana.

No primeiro dia de provas, no sábado passado, os estudantes responderam questões de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. As provas foram distribuídas por cores (rosa, branca, azul, amarela).

No domingo, segundo dia de provas, as provas foram sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e suas tecnologias, e redação, nos cadernos rosa, cinza, azul e amarelo.

Logo depois da primeira prova, alguns inscritos reclamaram de erros na folha de respostas e no caderno de provas amarelo.

Na folha de respostas, os enunciados das áreas de conhecimentos estavam invertidos, na comparação com o caderno de questões. Alguns alunos alegam que preencheram o gabarito de forma invertida.

O MEC havia informado que abriria uma página na internet para receber pedidos de correção invertida e que os casos seriam avaliados separadamente. O espaço virtual deveria ser lançado na quarta-feira mas, por causa da decisão judicial, não foi publicado na data.

No Twitter, nesta sexta, o MEC destacou que "só precisa fazer requerimento quem preencheu questões de Ciências Humanas/Ciências da Natureza na ordem inversa do cartão-resposta".

Estudantes que fizeram a prova amarela reclamaram que faltavam questões, outras estavam repetidas, a sequência numérica estava errada e havia, inclusive, páginas da prova branca incluídas no mesmo caderno. A estimativa é que cerca de 2 mil alunos tiveram problemas com a prova amarela e devem realizar um novo exame.

Segundo o MEC, a aplicação dessas provas ainda não tem data marcada, mas a expectativa é de que o novo exame para esse grupo seja realizado nos dias 4 e 5 de dezembro.

sábado, 30 de outubro de 2010

Gabarito do Exame Nacional do Ensino Médio só será divulgado dia 9 de novembro

G1


O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) só será divulgado em 9 de novembro, dois dias após a aplicação da última prova do exame, que ocorre em 6 e 7 de novembro. A medida, segundo a assessoria de imprensa do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), já era prevista no edital do exame, divulgado no início deste ano.

No ano passado, o gabarito oficial do Enem foi divulgado na noite da aplicação da última prova. O material trazia respostas diferentes para ao menos seis questões das provas de matemática e de linguagens. Ainda em 2009, as provas do Enem, inicialmente marcadas para os dias 3 e 4 de outubro, tiveram de ser remarcadas após o vazamento dos cadernos de questões na gráfica, em São Paulo.

Além da mudança na data de divulgação do gabarito, o Enem deste ano prevê outras alterações com relação ao ano passado, com restrições mais rígidas durante a realização das provas. Os estudantes poderão usar apenas caneta esferográfica preta. Lápis e relógio estão proibidos de entrar nas salas de exame por questões de segurança, segundo Inep.

Outros itens que devem ficar fora das salas, segundo o instituto, são borracha, apontador, lapiseira, grafite, livros, manuais, impressos, anotações, máquinas calculadoras e agendas eletrônicas ou similares, telefones celulares, pagers, bip, walkman, gravador, mp3 ou similar, ou qualquer receptor ou transmissor de dados e mensagens.

O Enem 2010 ocorre em 6 e 7 de novembro. Segundo o Inep, 4,6 milhões de candidatos estão inscritos no exame. Em 2009, 4,1 milhões de pessoas se inscreveram, mas cerca de 2,6 milhões fizeram a prova.

As provas ocorrerão das 13h às 17h30 de 6 de novembro, com questões de ciências humanas e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias. No dia 7 de novembro, a prova será realizada das 13h às 18h30, com perguntas sobre linguagens, códigos e suas tecnologias, além de redação, e matemática e suas tecnologias.

Segundo o Inep, os portões de acesso aos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 12h55, de acordo com o horário de Brasília. Não será permitida a entrada do inscrito que se apresentar após o horário estipulado.

Os resultados do exame serão divulgados até 15 de janeiro de 2011, de acordo com o instituto.


quarta-feira, 27 de outubro de 2010

NO DIA DOS MÉDICOS, BONS FILMES SOBRE ELES


Cinema

NO DIA DOS MÉDICOS,BONS FILMES SOBRE ELES  (atrasado)
 
Foto: NO DIA DOS MÉDICOS, BONS FILMES SOBRE ELES



Alguns se acham Deus e se comportam como tal, equivocados da escolha que fizeram. A outros, a quem seremos eternamente gratos, quase lhes conferimos esse status. O médico peca quando se apropria do arquétipo do salvador e se distancia do humano, um assunto que fascina e é inspiração para várias formas de expressão. Como O Médico e o Monstro, de R.L.Stevenson, célebre na literatura, ou o atualíssimo e mau-humorado House, na série de televisão, os médicos rendem bons roteiros também para o cinema. Sejam eles geniais (e salvadores) ou ainda em pleno desabrochar do aprendizado humano. Confira as escolhas da equipe do Galeria.
 
O Quarto do Filho

Filme com temática extremamente triste. Para atender ao chamado urgente de um paciente, um médico deixa de acompanhar o filho à praia. Só que o menino morre afogado. O pai, então, se enche de culpa, começa a imaginar o que poderia ter feito para evitar que o filho fosse sozinho ao passeio e assim continuasse vivo. A coisa vira obsessão e envolve, inclusive, o paciente que foi priorizado no lugar do filho. E, apesar do apoio da esposa e da filha que lhe restou, o homem nunca mais se recupera do incidente. É dirigido e estrelado por Nanni Moretti, um dos grandes nomes do cinema italiano contemporâneo.
Tempo de Despertar

Filme inspirado em uma história real, narrada no livro autobiográfico de Oliver Sacks. Robin Williams faz um neurologista que consegue trabalho em um hospital psiquiátrico no qual vários pacientes se encontram catatônicos. Todos vítimas – e sobreviventes – da grande epidemia da doença do sono (encefalite letárgica) pós-Primeira Guerra Mundial. Ele descobre que uma droga ainda em estágio experimental pode ajudá-los a acordar. O diretor do hospital autoriza que um único paciente receba o medicamento. O escolhido é Robert de Niro, adormecido há décadas. Aos poucos ele, de fato, recupera a consciência e o experimento é estendido aos outros. Mas o personagem de De Niro começa a apresentar alguns efeitos colaterais perigosos...

Patch Adams

Também com Robin Williams, o filme mostra a vida, de forma bem romanceada e com toques generosos de ficção, do médico Hunter Adams. No filme, após uma tentativa de suicídio, Adams é voluntariamente internado em um hospital psiquiátrico. Lá ele descobre que tem o dom de ajudar as pessoas usando, simplesmente, o bom humor. Sai do hospital, se matricula na faculdade de Medicina e passa a defender o conceito de que amor, amizade e bom humor ajudam, e muito, no processo de cura. Detalhe: o verdadeiro Patch Adams criticou incisivamente o filme. Disse que a produção deturpou sua mensagem e o simplificou, transformando-o em um simples médico engraçado.

Nosso Querido Bob

Comédia que mostra Richard Dreyfuss como um médico psiquiatra mau-humorado e o sempre excelente Bill Murray como Bob, seu paciente hipocondríaco que não consegue viver um único dia sem os conselhos do médico. A história decola quando Dreyfuss viaja em férias com a família para sua casa no lago e deixa Bob sozinho em Nova York, entregue à própria sorte com um vidrinho de pílulas e o último livro do médico. Desesperado, Bob acaba descobrindo o paradeiro e viaja até o lugar. É acolhido por toda a família do médico e, ao longo do filme, Dreyfuss acaba se tornando o maluco, por nutrir cada vez mais ódio pelo paciente, e Bob encontra conforto e cura na relação com a família do médico.

O Homem Elefante

Dirigido pelo personalíssimo David Lynch, o filme mostra Anthony Hopkins como um médico que descobre o personagem de John Hurt, um homem cujo rosto é deformado por uma doença congênita, sendo exibido como aberração em um circo. O médico então o liberta e começa o processo de integrá-lo à sociedade não como alguém esquisito e sim como um homem normal e culto. Mas ambos esbarram em um problema: pouca gente está pronta para conviver com algo tão diferente. O drama acaba sensibilizando até mesmo a realeza britânica. Tem ainda no elenco John Gielgud, Anne Bancroft e Freddie Jones.

Um Golpe do Destino

O filme que comprova o ditado “pimenta nos olhos dos outros é refresco”. William Hurt faz um médico que tem tudo na vida: sucesso, fama e dinheiro. Sua relação com os pacientes, entretanto, é a mais fria, impessoal e técnica possível. Sua vida particular não foge muito do mesmo tom: ele quase não se comunica com a esposa e o único filho e o trabalho ocupa boa parte de seu dia. Sua atitude é arrogante. Mas (e sempre há um mas)... ele descobre que está com um tumor na garganta e se torna paciente, no hospital em que trabalha, de uma médica que lida com seus pacientes da mesma forma que ele próprio. Começa a sentir na pele o que é ser tratado na moeda usada por ele. E, nesse processo, se humaniza e passa a encarar o ser humano, a vida e a própria medicina de outra forma.

Os Limites do Silêncio

Andy Garcia faz um psicólogo cujo filho se suicidou. Esse acontecimento acabou com seu casamento pois tanto sua esposa quanto ele próprio o culpam pelo ocorrido. Ele desiste da carreira e passa a apenas dar palestras e escrever livros. É procurado por uma ex-aluna, que lhe pede para ajudá-la a tratar de um de seus pacientes, um jovem de 18 anos prestes a sair do orfanato no qual morou a vida inteira. O pai desse garoto está preso por matar a mãe. O filme trata de relações humanas mas tem, também, um quê de suspense e mistério.

Gênio Indomável

Filme que mostra como um terapeuta pode alterar definitivamente a trajetória de alguém. Matt Damon faz Will, um jovem rebelde que, após algumas passagens pela polícia, trabalha como servente em uma universidade. E demonstra genialidade fora do comum na Matemática e um nível de conhecimentos gerais muito acima da média da própria universidade, apesar de não ter terminado nem o colégio. Por ordem judicial ele é obrigado a frequentar um psicólogo. Mas, a princípio, nada funciona porque ele debocha de todos. Até que cruza com o personagem de Robin Williams, que percebe o medo e a postura de defesa por trás das atitudes de Will e o incentiva a refletir e analisar seus valores, atitudes e principalmente suas escolhas. E muda sua vida. Dirigido por Gus Van Sant, tem ainda no elenco Ben Affleck e Minnie Driver. 

domingo, 17 de outubro de 2010

Estudantes de Medicina em Maringá fraudam Prouni !


É noticia velha, mas que não deve ser esquecida. Esse tipo de situação deve ser combatida, desde pequenos atos aos mais complexos, para ver se podemos viver em país um pouco menor desigual.


Como estudar

Como estudar
Segunda-feira, 18 de outubro de 2010
    
    Estudar exige mais do que paciência e força de vontade. Estudar requer também, muita disciplina e o domínio de algumas técnicas - às vezes, simples - para que o aprendizado seja feito com a máxima eficiência e o mínimo de tempo.
     Uma boa dica é não deixar tudo para a véspera. De fato, não é fácil conseguir motivação hoje, e começar a estudar para uma prova que só será daqui a 2 semanas. Mas isso, é só uma questão de reeducação de hábitos. Experimente tirar 2 horas de seus dias, para estudar o conteúdo das aulas dadas naquele dia. Com o tempo, você terá mais facilidade em compreender e memorizar toda a matéria, e ainda sentirá uma queda no nível de stress das vésperas de prova, quando o conteúdo se acumula, e você não sabe nem por onde começar a estudar. Com essa metodologia, o menos vai virar mais. A matéria estará sempre fresca na sua cabeça, e estudando menos, você estará aprendendo mais.
    Abaixo seguem mais algumas dicas, bastante interessantes.
   Como ler bem
   
     Você vai ler? Saiba então que a compreensão de um texto exige mais do que o simples correr dos olhos sobre as letras. Comece por escolher um local tranqüilo, confortável, bem iluminado. E não se apavore em caso de não conseguir entender tudo de imediato. A compreensão depende do nível cultural do leitor, que vai se ampliando a cada nova leitura ou releitura.
     Recomenda-se, em geral, que não se passe ao parágrafo seguinte sem ter entendido bem o anterior. Isso você pode conseguir, voltando e relendo o trecho quantas vezes forem necessárias e, se preciso, recorrendo a dicionários e enciclopédias. No entanto, não se deve interromper demais a leitura. Por isso, conforme-se em aprender o significado geral, sabendo que, com o hábito de ler, essa tarefa vai ficar cada vez mais fácil.
     Lembre-se sempre que um mínimo de disciplina é indispensável ao leitor que quer ou precisa aprender. A leitura, para ser mais produtiva, pode ser dividida em fases:

       • Faça um reconhecimento do texto para saber de que assunto trata.           Mesmo no caso de romance é bom ter uma idéia do tema central.
       • Procure isolar as informações principais. Para isso, é bom sublinhar ou           assinalar passagens.
       • Ao encontrar expressões especializadas, (de medicina, direito, etc.)           procure conhecer e anotar seus significados. Assim, além de aumentar           seu vocabulário, você conseguirá uma correta interpretação de sua           leitura.
       • Procure separar os fatos das interpretações que deles faz o autor.          Retome as informações essenciais que foram isoladas anteriormente, para          saber que relações existem entre elas.

     Assim, você estará pronto para estabelecer suas próprias idéias sobre o texto. Mas lembre-se: o trabalho intelectual exige rigor. Por isso nunca é demais voltar ao texto, reler e aperfeiçoar a leitura.
    Como tomar notas

     Anotar é uma técnica pessoal do estudante. Pode comportar letras, sinais que só ele entenda. Mas há pontos gerais a observar. Quando se tratar de leitura, não basta sublinhar no livro. Deve-se passar as notas para o caderno de estudos. O aluno tem de se acostumar à síntese: aprender a apagar mentalmente palavras e trechos menos importantes para anotar somente palavras e conceitos fundamentais. Outros recursos: jamais anotar dados conhecidos a ponto de serem óbvios; eliminar artigos, conjunções, preposições e usar abreviaturas.
    É preciso compreender que anotações não são resumos, mas registros de dados essenciais.

     Como educar a memória

    Para facilitar o aprendizado e fixar na memória os conteúdos aprendidos, basta proceder a uma série de operações sucessivas e gradativas no tempo. Repetir é importante, mas não só: saber de cor nem sempre vai além de um papaguear mecânico. As técnicas psicológicas de memorização são complexas, mas podem ser utilizadas simplificadamente pelo estudante. Algumas indicações:
      a. ler mentalmente e compreender o assunto;
      b. reler em voz alta;
      c. concentrar a atenção em aspectos específicos: nomes, datas, ambientes, etc.;
      d. notar semelhanças, diferenças, relações;
      e. repetir várias vezes em voz alta ou escrever os conhecimentos adquiridos (os pontos principais);
      f. fazer fichas com esquemas que incluam, de um lado, a seqüência das noções principais e, do outro, detalhes referentes a cada uma delas;
      g. Nunca se esquecer de repousar, pois uma mente cansada aprende pouco e retém com dificuldade.
     Como estudar em grupo
    Algumas possibilidades de organização e divisão de trabalho no grupo:

     • Cada um estuda partes diferentes de um assunto e traz para serem fundidas na reunião;
     • Cada um estuda e consulta fontes sobre o mesmo assunto e expõe ao grupo, para uma comparação e aprofundamento;
     • Cada um estuda um ponto de um capítulo e faz seu relatório ao grupo, debatendo ou respondendo a perguntas depois.

    É voz corrente entre professores que a melhor maneira de aprender uma matéria é ensiná-la aos outros. Os alunos podem comprovar isso nas exposições orais de suas reuniões de grupo. E toda vez que um colega vier pedir auxílio.

    Como fazer uma redação
    
    Comunicar, eis a principal finalidade de uma redação. Ou seja: dizer algo, por escrito, a alguém. Mas o quê? A primeira operação para redigir um tema é compreender corretamente o enunciado contido no título. Um exame cuidadoso do título proposto dá ao estudante a exata delimitação do assunto, permite-lhe perceber imediatamente como desenvolver o pensamento para não fugir do tema. E conduz ao segundo passo: fazer um esboço do que vai ser dito.

   
Há quem prefira esboçar o tema mentalmente. Nunca é demais, porém, ter o cuidado de anotar o plano, de modo que seja fácil segui-lo depois. Fazer um esboço depende, é claro, do conhecimento do aluno. E até mesmo do assunto. Mas um macete infalível é o da divisão em três partes: introdução, desenvolvimento, conclusão.

    
Na exposição de assunto científico ou de caráter interpretativo, é bom lembrar que o sistema é: antecipar o que se vai provar, provar o que se havia proposto e enunciar o que já se provou. Nunca deixar, também, de enumerar, em estrita ordem alfabética, todas as fontes e toda a bibliografia utilizada para compor o trabalho. Depois de tudo escrito, a tarefa ainda não terminou. A redação feita em casa ou em classe deve ser revista. É preciso ver se foram utilizadas as palavras mais expressivas, se não há erros de grafia, se a pontuação foi bem feita. Não se exige de ninguém um texto literariamente perfeito, mas escrever corretamente é obrigação.

sábado, 16 de outubro de 2010

Provas e Simulado Enem 2009

1ª Versão das Provas e Simulado Enem 2009.


capaenem
Abaixo os Cadernos Especiais de A TARDE com Simulados para o Enem 2009.humanasmatematica
linguagens natureza 
 
 
http://educacao.atarde.com.br/

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Macetes de biologia

Biologia
    

Doenças causadas por bactérias:
Macete: Todo  Mundo   Sofre  Com Pequenas e Grandes Doenças: T: tétano / M: meningite / S: sífilis / C: cólera / P: Pneumonia / G: gonorréia / D: Difteria (colaboração: Professora Clélia Agra)  Zoologia

Para decorar os Filos:
poríferos, cnidários, platelmintes, asquelmintes, anelídios, moluscos, artrópodes, equinodermos, cordados
memorize essa frase: POR Certos PLAnos ASQUErosos ANa MOLestou-se ARrependeu-se EQUIs CHORar


Óvulos

Cantar no ritmo de "Ciranda Cirandinha":
Oligo, oligolécito um mamífero vai dar
Vamos lá heterolécito um anfíbio originar
E o ovo centrolécito um artrópode vai dar
e o ovo telolécito uma ave vai formar
No primeiro e no segundo, segmentação total
No terceiro e no quarto ela é, é parcial

Fases da Meiose/Mitose

Para decorar as fases:
Prófase, Metáfase, Anáfase, Telófase
Memorize essa frase: PRoMEto a ANA TElefonar


Níveis Taxonômicos
Para decorar a seqüência: Reino, Filo, Classe, Ordem, Família, Gênero e Espécie
memorize essa frase: O rei ficou claramente orgulhoso da família do genro escolhido
Raio Forte Caiu Ontem Fazendo Grande Estrago

ou Grave a palavra: REFICOFAGE:
REino FIlo  Classe Ordem FAmilia Gênero Espécie
(colaboração de Daniela Crânio)
Bases Nitrogenadas

Nomes das Bases Nitrogenadas: A - T, G - C
Macete: Agnaldo Timoteo e Gal Costa
No DNA: Adenina,Timina,Guanina,Citosina
No RNA: Substitui Timina por Uracila

BASES NITROGENADAS PÚRICAS (Adenina e Guanina)
Lembrar da frase: AGua PURa
(colaboração de Bruna Biglia)

Fases da Prófase I

Para decorar as fases:
Leptóteno, Zigóteno, Paquíteno, Diplóteno, Diacinese
memorize essa frase: Linda Zebra PAstando Durante o DIA
ou essa frase: LEva ZIco PAra DIstante DIsso, LEptóteno, ZIgóteno, PAquíteno, DIplóteno, DIacinese.
ou essa frase: LEvanta ZIco PAra DIDI (lembrando da antiga dupla de futebol e lançar a frase) LEptóteno, ZIgóteno, PAquíteno, DIplóteno, DIacinese.
(colaboração de Adrielle Parreira)
ou essa frase: LEopoldo Zangado PAquerou Discaradamente Diana (colaboração de Danielle Christine)
O rei filósofo classifica de ordinária a fama dos generais espartanos

A frase acima nos ajuda a lembrar da classificação dos seres vivos:
Reino / Filo / Classe / Ordem / Família / Gênero / Espécie. ou essa frase: Raio Forte Caiu Ontem Fazendo Grande Estrago. (colaboração de Nubia Rech) Mãe Bem Gorda e Neurótica

Está figura familiar, não serve somente para enlouquecer o pobre vestibulando. Também ajuda a memorizar as fases do desenvolvimento do embrião:
M = Mórula
B = Blástula
G = Gástrula
N = Nêurula

Fases da divisão celular
Memorize essa frase: PROMETA-TE, PRÓfase, METáfase, Anáfase, TElófase.

Fases da divisão celular
Memorize essa frase:
Professor Merece Apanhar Toda hora (P>Prófase, M>Metáfase, A>Anáfase, T>Telófase. O "hora" é só pra dar um sentido a frase.
colaboração de Hugo Otávio)

Classificação dos Reinos

REFICOFAGE, Reino, Filo, Classe, Ordem, Família, Gênero, Espécie. (colaboração de Aparecida M.S. Minura)

Aminoácidos (SEFOFU)
SE (seqüência) se mexer, muda tudo FO (forma) se mexer, muda função FU (função)
(colaboração de PamelaSouza)
Botânica:
Novo Macete: briófita é gametófito.... o resto é esporófito (colaboração: Ellen Gimenes Alves) 
Decore as doenças com a apostila - Clique Aqui!

Macetes de Quimica

   
Química
    

  CLIQUE AQUI MACETES DE TABELA PERIÓDICA
     Mais dicas (II) de Como Decorar a Tabela Periódica


Fórmula: Pv/T=K

Palmeiras vence todos é uma Konstante
Nos ajuda a memorizar a equação geral dos gases perfeitos.

Fórmula: C=M.mol 
(coisa muito mole)


Fórmula: N=k.M 
(na kama)

Fórmula: C=m1/V 
(como mamar você)

Fórmula: s,p,d,f 
(sair para dar uma fugida)
(últimas 4 dicas fornecida pelo Prof. Armando de Oliveira)

Fórmula: 
 p.v      P.V
---- = -----
  t           T

Para viver tranquilo é Preciso Viver Trabalhando
(contribuição de : Jonathan Gehard Kohler)

Pv=nrt
Macete:
Para Votar Não Rasgue Titulo (colaboração de André Sebastião)
Puta velha não nega rapaz tarado
(colaboração: Camila SS)

C=1000dz= m.mol
Cuidado! mil diabos trabalhando muito mole 

Pressão
Fórmula: pv = nrt
Macete: p
or você não resta tesão
(colaboração de PamelaSouza)
Novo macete: puta velha não recusa trabalho
(colaboração Maria Charpinel Santos)
Metais Alcalinos
Uso: Para lembrar elementos da tabela periódica da família dos alcalinos: Li, Na, K,Rb,Cs,Fr
Macete: "Li Na Kartilha Robinson Crusoé Francê = Li, Na, K,Rb,Cs,Fr"

Metais Alcalinos Terrosos
Uso: Para lembrar a família dos alcalinos terrosos: B, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra
Macete: "Bela Magrela Casou-se com o Senhor BaRão = B, Mg, Ca, Sr, Ba, Ra"
Novo macete: Bebi Magnésio na Casa do Sr. BaRata
(colaboração Maria Charpinel Santos)

Família 7A da Tabela Periódica
Uso: Para lembrar a familia 7A: F/CL/BR/I/AT
Macete: "Fernando Collor Brasileiro Inganou A Todos"
(colaboração de Marcos Paulo da Silva)

Isóbaros, Isótanos e Isótopos.
Isóbaros têm o mesmo número de massa.
isob A ros
Isótonos têm o mesmo número de neutrons.
isoto N os
Isótopos têm o mesmo número de prótons.
isoto P os

Nomenclatura de Ácidos

Uso: Nomenclatura de acidos, troca-se ISO por OSO, ATO por ICO e ETO por IDRICO.
Macete: mosquITO teimOSO, te mATO te pICO, te mETO no vIDRICO
Novo Macete: feiOSO mosquITO no bICO do pATO com ácido clorÍDRICO eu não me mETO
(enviado por Daniel Pires Leal)

Óxidos Anfoteros
Ordem: Sn As Al Pb Be Fe Zn Sb Mn Cr
Macete: SeNdo ASsim ALguém Passou GEl BEm FEdorentoZNho SoBre MiNha CaReca
(enviado por Lorena Guimarães, de Fortaleza)
Novo Macete: SeNdo ASsim ALguém PerceBeu BEm FEliz ZiNindo SoBre o MoNza CRomado
(enviado por Helena Costa Farias)
Tabela de Linus Pauling
Uso: Para gravar a ordem da tabela de Linus Pauling: S, P, D, F:
Macete: Sapo Pula Dando Facadas,
_______Sebastião Pereira De Freitas,
_______Sepultura Para Defunto Fresco
Novo Macete: São Paulo Distrito Federal ou SimPles DiFicil
(enviado por Max Gleiser)
Novo Macete:
Quimica subi subi pé subi pé de subi pé de feijão subi pé de feijão subi pé de subi pé (enviado por Priscila Lima)

Funções Inorgânicas
Quadrinho para Nomenclatura dos ácidos

Terminação do ácido  Terminação do Ânion
ídrico   eto
ico   ato
oso   ito
Macete: Bico de Pato, Mosquito Teimoso. O que sobra é ÍDRICO e ETO
________Na fazenda de HipÍDRICO BarrETO o perniciOSO mosquITO mordeu o bICO do pATO
Novo Macete:
MosquITO teimOSO, te mATO te pICO, te mETO num vÍDRICO
(colaboração: Diogo Marujo) Nomenclatura para Oxiácidos
Oxiácidos são ácidos que possuem oxigênio
* Ácido + prefixo + Nome do Elemento + sufixo

NOX                     PREFIXO               SUFIXO

+7 -------                  per             ---      ico
+6, +5     ----            ñ tem               --  ico
+4, +3           ---       ñ tem                 --oso
+1 , +2               ---  hipo                  ---oso

Principais ácidos terminados em ICO.
Você precisa primeiro escrever isso: N, C, B, Cl, S, P Si. Para isso, use a frase: "Não Como Bolo Claro, Só Pão Sírio". Depois disso, complete a tabela com a frase: "Hidrogênio: 1, 2, 3, 1, 2, 3, 4 e Oxigênio: 3, 3, 3, 3, 4, 4, 4!" E escreva enquanto fala e vá completando a tabelas. Para Hidrogênio, escreva do lado esquerdo, de cima para baixo. Para Oxigênio, escreva do lado direito, também de cima para baixo. No fim, você terá os ácidos. Com um pouco de treino, você monta essa tabela em questão de segundos. Veja como fica:
H1NO3
H2CO3
H3BO3
H1ClO3
H2SO4
H3PO4
H4SiO4

Transformação de Ácido para Sal
Ico- ato/ oso - ito/ idrico - eto
Macete: bonITO gostOSO / fICO no ATO
Com ácido clorídrico não me meto
(colaboração: Camila SS)

Gases Nobres:
He, Ne, Ar, Kr, Xe, Rn
Macete: lio nem argumentou o crau na xepa de Raimunda
6A: O, S, Se, Te, Po / Os sete porquinhos(colaboração: Láercio Maciel Scalco)
Novo Macete: Helio Negão de Araruama Kravou na Xexenia de Radonia (colaboração: Diogo Alves)
Novo Macete: He Ne Argonio Kerendo Xera Radonio
(colaboração: Ellen Gimenes Alves -- COLATINA - E.S)

Gases Semi Nobres:
Boro (B)/ Silício (Si)/ Germânio (Ge)/ Arsênio (As)/ Antimônio (Sb)/ Telúrio (Te)/ Polônio (Po)
Macete: Bão Si Gear Assim Sabemos Teremos Polenta
(colaboração: Maira Dias Rodacki)

Família do Fluor: F / Cl / Br / I / At
Macete: Foi Clóvis Bornai que Invadiu Atenas

(colaboração:Marcelo - Botucatu)

Balanceamento de equações químicas:
Macete: MACHO : Metal, Ametal, Carbono, Hidrogênio, Oxigênio
(colaboração:Tamires Romano)

Mais macetes pra Bases Nitrogenadas:
IC-G A-T
Macete: Calcinha grande acaba o tesão.

(colaboração: Láercio Maciel Scalco)
Macete: Agua Tônica Cerveja e Guaraná.
(colaboração: Guilherme Corbo)

Ordem decrescente dos elementos mais eletronegativos
Ordem: F O N CL Br I S C
Macete: FONCLore BRasileiro:Indio, Saci, Curupira
(enviado por Giselle de Souza Bittencourt)
Novo Macete: FUI ONTEM NO CLUBE BRIGUEI I SAI CORRENDO (colaboração: Elizeu do Nascimento Filho)
Eletronegatividade:
Novo Macete: eletronegatividade= Fui Ontem No Clube Briguei I SCarregado Para Hospital (colaboração: Ellen Gimenes Alves e Mary Silva)
Novo Macete: F-O-N-Cl-Br-I-S-P-C-H
Fui Ontem No Clube Brasil Iasmin Sai Passear Comigo Hoje
(colaboração: Quimiquinho da Unicruz Francisco Zavaglia/RS)
Novo Macete: F-O-N-Cl-Br-I-S-C-H
Fui Ontem No Clube Brasileiro Investigar Se Carlos Pega Homem (colaboração: Camila R. Ferreira)
Transformação de ÍDRICO para ETO
Macete:
"com o ácido clorÍDRICO eu não me mETO" (colaboração de Bruno Guimaraes)
Esterificação: Ácido carboxílico + Álcool ---> Éster+H2o
Macete: Ester só bebe água mas é filha de pai alcoólatra e mãe viciada em ácido (colaboração: Michele Maia)

   MACETES DE TABELA PERIÓDICA-CLIQUE AQUI

Elementos metais alcalinos e metais alcalinos terrosos
h- hoje  li- li na- na k- kama rb- robinson cs- crusoé em fr- francês
be- bela mg- magrela ca- casou com sr- senhor ba- barão ra- raquítico 
(Colaboração Raquel Squillace) Família 1ª DA TABELA PERIODICA:
Macete:
(H ; Li; Na; k; Rb; Cs; Fr) Hoje Li Na Karas Roubo de Celtas da Ferrari (colaboração de Rômulo Melo Mesquita)

Macetes Física

  
   
Física
Física Músicas para a memorização 
Espaço no M.R.U.
Fórmula: S= So + V.t
Uso: Usado para medir o tempo, espaço e velocidade no M.R.U
Macete:Sorvete
Macete Novo: SUPER Sorvete
(enviado por Bruno Inafuku)
Macete Novo: Sofia Sortuda, Você é Tes...
(enviado por Raimundo Mario O.Neto)
Macete Novo: So So, VeTe
(enviado por Daiana Furtado)

Espaço no M.R.U.V
Fórmula: S= So + Vo.t + at²
______   _____________ 2
Uso: Usado para medir o tempo, espaço e velocidade no M.R.U.V
Macete: Sorvetão, só votat
_______Sempre SOzinhos VOltamos eu e mais 2 amigos a tarde Novo macete
Macete Novo: Sozinho no Sofá, Vendo Tv à Toa
(enviado por Rebeca Diamantino)
Macete Novo: Só voto atoa
(enviado por Vagner Moreira)
Outra
(enviado por Marquinhos): S=So+Vo.t+at2/2
SÓ VC TEM AQUILO TUDO AO QUADRADO SOBRE 2
Macete Novo: Sentado SOzinho VendO Televisão ATé Meia noite (enviado por Anderson)
Macete Novo: Sorvete mais a taça quadrada para dois (enviado pelo Professor Juliano de Passo Fundo - RS)
Macete Novo: So So, VeTe com cobertura
(enviado por Daiana Furtado)
Macete Novo: Diabo Vê Tudo mais  ½ (meio) Atrapalhado, porque ele é vesgo.
(enviado por Laércio D'ávila)
Macete Novo: SO VOTem UM MEIO de Amar TaTá. (enviado por Elaine Alves Miranda)
2a. Lei de Newton
Fórmula: Fr = m.a
Uso: Usado para calcular a força de um corpo
Macete: Ferre-se Maria

Velocidade M.U.V.
Fórmula: V = Vo + a.t
Uso: Calcular a velocidade do Movimento Uniformemente Variado
Macete: Vê vó, arte!, Vovô Alfaiate, Vi Você Atirar
Outro
(enviado por Marquinhos):
V=Vo+a.t  vovô ateu
Macete Novo:
Vovô é Velho mais ainda transa
(enviado por Raimundo Mario O.Neto)
Macete Novo: Vovó Adora tarado (enviado por Ana Paula-PR)
Macete Novo: Ví Voce A Toa (enviado por Antonio Rocha)
Macete Novo: Ví Vovô atrás do toco (enviado por Assis)
Macete Novo: VoVô é ATeu (enviado por Pérside)
Macete Novo: V + ATia (por Ricardo Carneiro da Silva)
Fórmula: V² = Vo² + 2.G./\S
Usando -se "G" de gravidade como "a" de aceleração, podemos dizer:
Macete:"VoVô Tem 2 Asas DELTAS"
(
Colaboração: Anderson Carvalho)
Macete Novo: Vovô e Vovó mais dois amigos foram ao egito sábado (enviado por Raimundo Mario O.Neto)
Macete Novo: Vovó ao quadrado mais 2 Amantes no Triângulo amoroso (enviado por Laércio D'ávila)
Macete Novo: vi voce + 2 amigos num triangulo sexual (enviado por Daiana Furtado)
Macete Novo: "Vou e Volto duas vezes de asa delta sozinho" (enviado por Andréa Viana)
Macete Novo: Vi Você Mais Dois Gays Voando De Asa Delta (enviado por Henrique Dantas)
Calorimetria
Q = mc∆θ - onde:
Q = energia (unidade: cal)
m = massa
c = calor específico
∆θ = variação de temperatura
Macete: "Que Macete" (colaboração: Priscilla Nagashima)
Fórmula : Q = M.C. T.
Uso: Fórmula usada para medir variação de calor de um corpo.
Macete : Qui Ma Ce Te, Qual Ma Ce Te, Qualquer Ma Ce Te Novo Macete: Q= m.c.delta.teta "q macete"
(colaboração: Ellen Gimenes Alves)

Calorimetria
(enviada por Marquinhos)
Q=M.L
Qui mala
Novo Macete:
Q= m.l "q mole"
(colaboração: Ellen Gimenes Alves)
Calorimetria 1
Fórmula : Q = M.L.
Uso: Fórmula usada para medir variação de calor de um corpo.
Macete : Qui Mole ou Qui Moleza
Novo Macete:
Quem Matou Lineu ou Quem Matou Lampião (colaboração: Eukelly Penedo)

Pressão
Escolha a melhor maneira de lembrar-se da equação de Clapeyron.
Fórmula: P.v = n.R.t
Uso: Medir pressão de gases e líquidos
Macete : Puta Velha = Não Rejeita Tarado
_______Por Você = nunca Rezei tanto
_______
Por você =nunca rachei tanto
Novo Macete: Palmeiras Verdinho não resiste ao timão
(colaboração Luís Felipe Tusi)
Novo Macete: Para Vereador não roubar tanto
(colaboração Edilma Gomes)
Macete Novo: por vc nunca rezei tanto
Novo Macete: Passei a Vara no Rabo do Tom (colaboração William Tiago Benedito)

Pressão1
Fórmula:

p.v -=- P.V
t T
Uso: Medir pressão de gases e líquidos
Macete : Piviti Povotó

Fórmula: 
 p.v      P.V
---- = -----
  t           T

Para viver tranquilo é Preciso Viver Trabalhando
(contribuição de : Jonathan Gehard Kohler)
Novo Macete : Para viver tranquilo é preciso viver transando.
(colaboração Luís Felipe Tusi)
Novo Macete: PIVITÍ = POVOTÓ 
(colaboração William Tiago Benedito)

Eletricidade
Fórmula: V = R.i
Uso: Medir voltagem, resistência de um sistema elétrico
Macete : Você = Ri
Macete Novo: U = Ri (quem dá o Ú ri)
(enviado por Vagner Moreira)
Macete Novo: U= Ri - pode ser uri ou então: a resistência não é medida em OHMS e a letra que é representada (ômega) não lembra uma ferradura, que acaba lembrando  cavalo e rodeio, certo? então pode ser: iR=U - ou seja IIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIRUUUUUUUUUUUUUUUUU.....
(colaboração de Lucas Mortale)
Macete Novo: U= E-ri - Na Universidade tem estudantes menos ratos idiotas...
U= Ed- pode ser Edu ou então UUUUUU Ed o fantasma...
(colaboração de Lucas Mortale)

Macete Novo:
Conte a seguinte historinha: Você viu o peido? (Só para começar a historinha, para facilitar a memorização)
- O Peido eu VI (P=V.I), quem Vê RI (V=R.I), e quem Peida RI ao quadrado (P=R.I^2)
(enviado por César Salomão Blanco)

Novo Macete: eletronegatividade= Fui Ontem No Clube Briguei I SCarregado Para Hospital
(colaboração: Ellen Gimenes Alves)

Campo Elétrico
Fórmula:
E=F/q
Macete: É FraQueza!
(enviado por Helena Costa Farias)
Fórmula: F=E.q
Macete: Fique Elegante querida!
(enviado por Helena Costa Farias)

Capacidade Térmica
Fórmula:
C=Q/
t
Macete: CroQueTe
(enviado por Erika Moraes)

Intensidade de Corrente
Fórmula:
q=t.i
Macete: quero te iludir!
(enviado por Helena Costa Farias)

Trabalho
Fórmula:
T = F.d.cos.ø
Uso: Fórmulas usadas para achar a quantidade de trabalho, deslocamento, atrito e a força de um corpo. Obs: ø é o ângulo entre a força e o deslocamento.
Macete: Trabalho Fede e cossa a bolinha
Macete: Trabalho fede com certeza
(enviado por Vagner Moreira)
Macete: W=f.d = W é fo da
(enviado por Neusa Neumar)
Macete Novo: Tá ferrado coçando teta
(enviado por Elizeu do Nascimento Filho)
Macete Novo: Música
: O TRABALHO É BONITINHO VAMOS TODOS TRABALHAR F D COSSENO TETA VAMOS TODOS TRABALHAR. (enviado por Thais Fernanda)

Força
Fórmula : F = M.a
Uso: Fórmula usada para medir a força, massa ou atrito de um corpo
Macete : Fórmula da "FAMA"
Novo Macete : F=m.a  A Força é
(colaboração Luís Felipe T)
Novo Macete :
Física Me Assusta (colaboração Cristina Martins)
Novo Macete :
FuMAssa ou Fumassa (colaboração Arthur)

Velocidade
Fórmula : V = Vo + A.T
Uso: Fórmula usada para medir a velocidade final, inicial , tempo de deslocamento ou atrito de um corpo.
Macete : Vi Você a Toa
Macete Novo: Vovô anda tarado; ou Vi você abraçando o tarado
(colaboração de Lucas Mortale)

Velocidade 1
Fórmula : V² = Vo² + 2.G./\S
Uso: Fórmula usada para medir a velocidade final, inicial , tempo de deslocamento ou atrito de um corpo.
Macete : Vovo e Vovó com 2 gostosas numa pirâmide sexual
obs* /\ significa delta

Quantidade de Movimento
Fórmula:
Q=m. V
Macete: Quantidade de movimento é a Que MoVe
(enviado por Erika Moraes)

Velocidade Inicial, Atrito
Fórmula:
V = Vo + a.d.2
Uso: Fórmula usada para calcular a velocidade, velocidade inicial, atrito ou distancia de um corpo.
Macete: Vovo e vovó ainda dão 2

Velocidade em Ondas
Fórmula:
V = l(lâmbida) . f
Uso: Usado para calcular a velocidade, frequência de uma onda
Macete: quem Vê dá uma lambidinha com freqüência
Macete Novo:
Você lambe a faca (enviado por Daiana Furtado)
Macete Novo:
Veja o que uma lambida faz (enviado por Regiane Oliveira)

Distância
Fórmula: D = v.T
Uso: Fórmula usada para calcular a distância, velocidade ou tempo de um corpo.
Macete: Deus vê Tudo

Óptica Equação de Gauss (espelhos e lentes esféricas)
Fórmula:
1/f = 1/p + 1/p'
Uso: Para calcular a distância focal, distância do objeto e da imagem
Macete: uma firmose (foco) e igual a um pinto mais uma pelinha
(colaboração Aline Gesualdo)

Energia Potencial Gravitacional
Fórmula: Ep = m. g. h
Uso: Usado para calcular a energia potencial de um corpo, massa, altura
Macete: Maria Gosta de Homem

ONDA Efeito Dopller: (Enviada pelo Professor Caetano EFHC)
Fo/Vs +- Vo = Ff/Vs +- Vf
Fofoca a Visinha Vem Ouvir, Fofoca a Visinha Vem fazer.

ONDAS (Enviada por Marquinhos)
V=l(lâmbida).f
vêm lamber ferida( som de fi)
Novo Macete: Vai lamber fruta 
(colaboração William Tiago Benedito)
 
Fórmula da Distância
Fórmula: X = v.T
Uso:
Usado para calcula a distância, tempo.
Macete:
XeveTe

Energia Potencial Gravitacional
Fórmula: Epg = mgh
Macete:
"migei" hoje
(colaboração de Genesis Duarte)
Energia Potencial Elástica
Fórmula:        2
               Epel = kx   ,
                    2
Macete:
"kachinhos" dois dois
(colaboração de Genesis Duarte)
Energia Cinética
Fórmula:      
            Ec = mv^2 / 2   ,
                 
Macete:
você vai a uma loja e diz "mi vê dois dois"
(colaboração de Genesis Duarte)
Novo Macete: Ec=mv^2/2
Maria vagal, dois em cima dois em baixo

(colaboração de João Carlos Omena)
Pressão
Fórmula: pv = nrt
Macete:
por você não resta tesão
(colaboração de PamelaSouza)
Pressão
Fórmula: pv = nrt
Macete: p
oe a vara no rabo do tadeu
(colaboração de Raquel S.)
Peso
Fórmula: P = mg
Macete:
Parei e "migei"
(colaboração de Genesis Duarte)
Macete Novo: Pega meu grandão
(enviado por Vagner Moreira)
Macete Novo: Uma pessoa quando vai a uma loja de roupas a vendedora sempre pergunta: - Qual o tamanho da roupa? P, m ou G? (enviado por Bruna Silva)
Macete Novo: Puta Merda Gozei! (colaboração de Profa. Salete)
Macete Novo: Peso é para Mulher Gorda! (colaboração de Lucas Mortale)
Macete Novo: Pesada é a Maria das Graças (colaboração de Lucas Mortale)
Óptica
Uma flor = a uma pétala + uma petalinha.
Colaboração de:  Anelisa Furco da Silva

Velocidade
Fórmula : V = Vo + A.T
Uso: Fórmula usada para medir a velocidade final, inicial , tempo de deslocamento ou atrito de um corpo.
Macete :Vi você atrás do totó

Colaboração de:  Anelisa Furco da Silva

Espelhos Esféricos
Fórmula: 1/fo=1/di + 1/do
Macete:
fo=>Foco / di=>Distância da Imagem / do=>Distância do objeto => juntas essas silabas formarão a palavra _ _ _.
(colaboração de João Carlos Omena)
Macete: to 'fodido'. (colaboração de Laura Catherine dos Anjos)

Lei de Refração
Fórmula: n. seni =n. senr
Macete:
não sei não saber 2ª
(colaboração de PamelaSouza)
Lei de Gravitação
Fórmula: g=G.M/r^2
Macete:
Gays gostam muito de r.. ao quadrado.
Fórmula: g=G(M+m)/r^2
Macete:
Gays gostam muito mesmo de r.. ao quadrado.
(colaboração de Felipe Washington Martins)
Teorema de Euler:
Macete: V+F=A+2 Vamos Fazer Amor a 2
(colaboração: Sarita G. de Souza)
Potência Elétrica:
Macete: P=l.U Pslu
(colaboração: Sarita G. de Souza)
Quantidade de Matéria:
Macete: Q=m.v => Quero muito você
(colaboração: Sarita G. de Souza)
Mais uma pra para Fr=m.a
Macete: Física Meu Amor!
ou ainda Física Me Assusta!
(colaboração: Láercio Maciel Scalco)
Empuxo:
E= d*V*g 
Macete: Empuxo é devagar.
(colaboração: Láercio Maciel Scalco)
Como determinar qual o sentido da corrente que o pólo norte e o pólo sul do ímã pode gerar?
A região do Brasil que tem HORÁRIO DE VERÃO e a região SUL, então o pólo SUL do ímã  gera uma corrente de SENTIDO HORÁRIO, assim como a região com ‘’ANTI-HORÁRIO DE VERÃO’’ e a região NORTE o pólo NORTE gera corrente no SENTIDO ANTI-HORÁRIO. Colaboração de:  Kelly Lourdiely
 Veja também: Turbinando a Memória



http://www.vestibular1.com.br/turbinando/tub4.htm